BH DICAS

6 razões para ver a série brasileira “Coisa mais linda”

  • por em 8 de maio de 2019

Ei!

Tudo bem? Coisa mais Linda” nova série brasileira da netflix, aborda tantos assuntos importantes, que vou enumerar alguns, aqui para você não perder nenhum minuto mais, e ir correndo pra tv. Sem spoiler, ok? Pode ler tranquilo.

1. Abordagem sobre o machismo:

A série se passa na década de 50, e conta a história de Maria Luiza. Uma moça criada numa família tradicional, que se vê completamente dependente de dois homens: seu pai e o marido. Ela descobre que foi abandonada pelo marido e é aí, que a sua vida se transforma.

Bom, você já deve imaginar, que uma série que retrata essa época é abuso atrás de abuso, né? Se já é difícil hoje para nós, mulheres, imagina na década de 50? São várias situações que Maria Luiza e suas amigas sofrem escancaradamente e também nos detalhes. Preste atenção nos diálogos, muitos acontecem ainda hoje.

2. Para entender melhor as dificuldades de uma empresária:

Não é fácil. Se ser empresário, homem, branco, já é difícil, imagina para a mulher? Imagina para uma mulher negra? Divorciada? E agora, pensa isso tudo na década de 50? Dá muita raiva perceber como éramos desqualificadas para tudo que envolve o trabalho.

As mulheres lidando sempre com as dificuldades que vão além das comuns, inerentes a todo trabalho. Preconceito, falta de empatia, a mulher como um objeto. Sendo tratada como incapaz, pelo fato de ser mulher.

Maria Casadevall, Fernanda Vasconcellos, Pathy Dejesus e Mel Lisboa.

3. Para ajudar a mana que sofre violência:

Violência contra a mulher também é um tema abordado. Violência física e psicológica. Esse assunto está diretamente relacionado com o machismo e vendo a série, a gente percebe que quem sofre, está numa relação tão complicada, que as vezes nem percebe.

4. Para lutar contra o racismo:

Quem é branco nunca vai entender realmente o que se passa. Por mais empatia, por mais que a gente consiga imaginar, só quem perdeu oportunidades e sofreu algum tipo de preconceito pela sua cor, pode falar como é. Na série, a gente fica bem impactada, pois Adélia passa por situações constrangedoras por ser negra.

5. Sororidade e corra atrás dos seus sonhos:

Motivacional. A cada capitulo você quer que tudo dê certo para as 4 mulheres guerreiras. Você vê na prática o que é sororidade. O quanto é importante uma mulher apoiar outra mulher. A gente vai se apaixonando pela vida de cada uma e

6. Bossa Nova:

Fala sobre o surgimento da Bossa Nova, tem momentos que eu achei que estavam fazendo referência a Tom Jobim ou Vinicius de Moraes. Uma delícia de ver, ouvir.. mas o foco mesmo, são as mulheres! <3

Espero que tenha te convencido a assistir “Coisa mais Linda“. Indique para os amigos e familiares para eles assistirem também. É uma excelente maneira de abrir os olhos de quem não conseguiu ainda ver e promover o debate a cerca de questões importantíssimas!

Ao mesmo tempo que é triste ver que as questões abordadas na década de 50 e ainda são realidade nos dias de hoje, a série é boa de ver, prende nossa atenção, [eu e o marido vimos em 1 dia], fotografia,figurino, roteiro, elenco tudo impecável! Depois dos 7 capítulos, a gente fica aqui contando os minutos para segunda temporada!

Anota real os contatos da Delegacia da Mulher de Belo Horizonte. Endereço: Av. Barbacena, 288 – Barro Preto [endereço do site está desatualizado]. Se você sofre alguma violência ou sabe de alguém que precisa de ajuda, repasse o contato. O plantão da Delegacia de Mulheres funciona sete dias por semana, durante 24 horas. Telefones: 31 3337 4899 | 31 3295 6913 | 31 33351976.

Beijos,

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments