BH DICAS

Qual doce é a cara de Belo Horizonte?

  • por em 7 de maio de 2021

Made in Beagá faz homenagem a 12 doces belorizontinos e lança produtos com o tema. Será que você conhece todos os doces?

Comida

Foto: BH Dicas da Torta Matilda

A Made in Beagá fez uma seleção de 12 doces de lugares muito especiais em BH e lançou uma coleção linda em homenagem a eles. Tem ilustração para você colocar na parede, tem paninho bate mão, livro de receitas, colheres de pau e até avental. Tá o trem mais lindo desse mundo!

A culinária mineira é muito rica e suas receitas tradicionais estão no imaginário de todos. Nesse projeto, com a ilustradora Nikole Candida, a marca Made in Beagá, propôs uma visão de doces e sobremesas representativos de Belo Horizonte, com suas várias referências, seja portuguesa, italiana ou francesa.

Eu achei genial todas as escolhas dos doces, pois ficou uma mistura muito interessante de lugares já tradicionais na cidade, como o Creme de Maizena do tradicional Café Nice, com doces relativamente jovens que tem se tornado clássicos por aqui, como por exemplo a Copa Cozinha com os Crocantes de Doce de Leite e Goiabada.

Você já conhece todos?? Olha, dessa lista maravilhosa eu ainda não conhecia o pinguini, da Moleantonelliana. Eu adoro lá e nunca tinha provado o suspiro com chocolate. Uma delícia!

*só eu enxergo um coraçãozinho ali no chocolate da foto do Pinguini????

Um outro doce que quero destacar da lista, é o Mingau de Milho Verde do Restaurante Couve & Flor. Tem a fama de melhor do mundo e olha, ainda que eu não tenha provado todos, vou te falar: esse é maravilhoso. Fininho, doce na medida e feito com tanto carinho e amor, que a gente sente o afeto a cada colherada. Prova!

Recomendo que você conheça os produtos desenvolvidos pela Made in Beagá, e também vá conhecer (ou peça pelo delivery), cada um desses lugares e doces. Vai amar! Excelente dica para o Dia das mães!

A Made in Beagá fica no Mercado Novo e funciona online também. Veja aqui.

Um beijo!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.