BH DICAS

M M GERDAU | Férias

  • Avatar
  • por em 26 de janeiro de 2016

MM GERDAU

Vai pra onde nas Férias?

MM Gerdau - por Jomar Braganca

Foto linda do MM Gerdau por Jomar Bragança

A Gerdau tem cerca de 114 anos de história, está presente em 14 países, por meio de operações que atuam nas várias etapas da indústria do aço e a empresa tem trabalhado em iniciativas voltadas à educação, mobilização voluntária e qualidade em gestão. Em Minas Gerais a Gerdau também apoia projetos voltados à preservação do patrimônio.

O Museu faz parte do Circuito Cultura Praça da Liberdade e é imperdível (para quem gosta esse tipo de programa!). Uma boa oportunidade de conhecer o Museu é aproveitar as férias e levar as crianças para aproveitar as atividades que estão sendo oferecidas por lá.

O Educativo do Museu das Minas e do Metal desenvolveu uma programação especial com atividades gratuitas e classificação livre para as crianças, pais e acompanhantes. Novas temáticas são abordadas por meio de dinâmicas e oficinas com durações entre 15 e 30 minutos, com diversos horários ao longo de toda a tarde. Dessa forma, os pequenos podem conhecer diferentes atividades ou dedicar mais tempo nas que mais gostaram. Importante: as crianças não podem ficar desacompanhadas.

Onde é: MM GERDAU – Praça da Liberdade. Quando ir: até 05 de fevereiro de 2016 / de terça-feira a sábado, entre 12:30 e 17:00 hrs. Quanto custa: Gratuito – mediante disponibilidade de vaga e inscrições feitas no dia . Pra saber mais: #cliqueaqui .

gerdau bh dicas

DINÂMICAS – Classificação Livre
Horário: 12h30 às 17h
Exceto: Contação de Histórias – sessões às 13h, 15h e 17h
Hipertrunfo e Desvendando os sentidos: dia 21/01, entre 16h e 21h.
Espelhos e Mão aqui, pé acolá: dia 28/01, entre 16h e 21h.

Caça do Tesouro: Essa dinâmica propõe ao participante, por meio de brincadeiras e charadas, desvendar os segredos de nossa história e do universo dos minerais, utilizando a ciência e a tecnologia, presentes nas atrações do Museu, como principais meios para encontrar um grande tesouro escondido.

Contação de História: O teatro de sombras “O retorno da rainha ao mar – a história de Iemanjá” e o teatro “Cinco pedrinhas saem em aventura” vão despertar a curiosidade da criançada. E ainda tem a história da implantação da nova capital de Minas Gerais e suas lendas urbanas! Outros contos e histórias também podem acontecer no MM Gerdau.

Dinâmica de Cosmogonia: Cosmogonia é uma palavra de origem grega que, em sentido lato, significa “O Nascer do Mundo”. É assim o nome dado às narrativas míticas que desenvolvem respostas para o grande mistério da Origem. Assim, pretende-se discutir com os participantes diferentes cosmogonias na atração da Matéria-Prima. Os participantes serão convidados a contarem suas histórias e elas poderão ser postadas, posteriormente, no canal do Museu no YouTube.

Dinâmica Desvendando os sentidos: Os participantes serão vendados e direcionados para uma atração onde serão estimulados a sentir e expressar as sensações do espaço por meio dos demais sentidos (audição, tato, paladar, olfato). A ideia é provocar diferentes percepções do espaço.

Dinâmica do Espelho: O participante será convidado a observar os detalhes da arquitetura e pinturas parietais, utilizando um espelho. Esse objeto proporcionará uma experiência singular ao percorrer o Prédio Rosa, revelando detalhes não observados em uma visitação convencional.

Dinâmica do Hipertrunfo: Para quem gosta do mundo mineral, a ideia é associar os minerais presentes no acervo do MM Gerdau à sua aplicação e conhecer algumas de suas propriedades por meio de um duelo de cartas.

Dinâmica Mão aqui, pé acolá: Na atração Chão de Estrelas, com o objetivo de descobrir as diferenças entre os minerais (forma, cor, tamanho, brilho) e suas possíveis utilizações, os participantes serão convidados a se desdobrarem com mãos e pés para identificarem os minerais! Dois dados serão jogados simultaneamente e o desafio é posicionar uma parte do corpo no mineral que o dado mandar! Tem que ter jogo de cintura!

OFICINAS – Classificação Livre
(Exceto Oficinas de Cristais e Light Painting e Hologramas, a partir de 7 anos)
Horário: 12h30 às 17h
Exceto: Oficina Um Selfie no Museu, dia 14/01, das 15h30 às 19h
Oficina Light Painting e Holograma, dia 21/01 e 28/01, das 19h às 21h, com uma única turma.

Vagas limitadas, inscrições por ordem de chegada.              

Oficina Alquimistas no Museu: Em um laboratório, os participantes poderão realizar experiências, cujos temas perpassam por questões abordadas no Museu, de forma lúdica e didática. Para fomentar essa ação, os experimentos feitos pelos participantes serão transmitidos no videowall e, posteriormente, postados no canal do Museu no YouTube.

Oficina de Arte Rupestre: Apresentar a arte rupestre, preparar tintas com pigmentos minerais e registrar, a partir de desenhos, cenas do cotidiano em diferentes suportes. A intenção é potencializar a capacidade criativa de cada participante e mostrar que é possível desenvolver diferentes formas de registro que expressem a realidade e a identidade de cada um, assim como fizeram os homens pré-históricos há mais de 30 mil anos.

Oficina de Cristais: Os participantes terão a oportunidade de conhecer vários minerais, bem como sua composição química, propriedades físicas e aplicações. Eles poderão manipular e observar minerais, além de produzir modelos atômicos correspondentes a estruturas químicas de diversos minerais e um mineraloide de calcantita.

Oficina Holograma de Bolso: Será apresentada a técnica de criação de holograma portátil com a utilização de tablets e/ou celulares. Os participantes terão a oportunidade de produzirem seus próprios moldes de acetatos para reproduzirem, no mesmo instante e posteriormente, seus hologramas.

Oficina de Light Painting e Holograma: Apresentar a técnica fotográfica de Light Painting (pintura com luz), que possibilita o registro de movimentos de origem luminosa, criando imagens surreais, que somente poderão ser vistas por meio dos registros fotográficos. E, também, apresentar a técnica de criação de hologramas conhecida como Papper’s ghost, desenvolvida em 1858, pelo químico britânico John Henry Pepper. Hoje, essa técnica é muito utilizada no teatro e em alguns truques de magia que fazem o objeto desaparecer e reaparecer, ficar transparentes ou transformar-se noutros objetos.

Oficina de Maracatu: O público terá a oportunidade de participar da Oficina de Maracatu do “Quintal Escambo Cultural”, que fará uma iniciação aos instrumentos tradicionais e a história do maracatu de baque virado, de origem pernambucana. Não há pré-requisitos e não é preciso ter seu próprio instrumento, mas quem tiver poderá trazê-lo.

Oficina de Máscaras: A partir de imagens de máscaras de diferentes etnias e tempos históricos, os participantes terão a oportunidade de confeccionar máscaras de diversas culturas. Faça sua própria máscara e leve-a para casa!

Oficina de Muiraquitã: Os participantes irão aprender a confeccionar réplicas de adornos líticos, os muiraquitãs, amuletos amazônicos envoltos de história e misticismo.

Oficina de Pigmentos Minerais: Os participantes poderão utilizar os pigmentos minerais e preparar tintas a partir da manipulação de rochas e minerais. Utilizando as tintas feitas com os pigmentos e diferentes suportes, é hora de criar desenhos, tendo como inspiração poemas diversos. Stencil das pinturas parietais também serão inspirações para produzirem cartões postais.

Oficina Um selfie no Museu: Já que a moda é o selfie, por que não fazê-lo no Museu? Técnicas e dicas básicas para fotografar com celular ou tablet serão apresentadas, além de estimular o “olhar” fotográfico para o registro de paisagens e ambientes. As fotos serão tiradas nos espaços do Museu a fim de estabelecer conexões entre memória e patrimônio. Obs: os participantes deverão ter seus próprios aparelhos móveis dotados com câmera fotográfica e cabos para descarregar as fotos.

Oficina de Turbante: A oficina busca entrelaçar alegrias, respeitando a história, o real significado do turbante e partilhando saberes das amarrações dos tecidos diversos, com música, poesia… ARTE! Você pode levar seu turbante para casa! Basta trazer seu próprio lenço.

As oficinas de Turbante e Maracatu serão ministradas por parceiros do MM Gerdau e terão horários específicos:
Oficina de turbante: 23/01 – das 14h às 16h – por Nic Omedes
Oficina de Maracatu: 30/01 – das 14h às 16h – por Quintal Escambo Cultural

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Fica a dica

All Comments