BH DICAS

Entenda: quem faz um ano feliz, é você!

  • Avatar
  • por em 11 de janeiro de 2021

Um 2020 difícil, mas, com a chegada de um novo ano temos a oportunidade de fazer diferente, mesmo com todos os imprevistos que permanecem!

sitio

Foto do caminho do sítio

Não seria nenhuma novidade falar o quanto 2020 foi um ano difícil, né? Cada um sentiu de uma forma e tenho total consciência dos meus privilégios. Tem hora que quase não me sinto digna de sentir certas coisas. Comparo com outras situações e perdem mesmo a relevância. Mas cada sofrimento tem seu motivo e nenhum deve ser desqualificado. É necessário o acolhimento.

Todos nós acompanhamos cada avanço e consequência do Corona Virus no mundo, mas especificamente em Belo Horizonte, com dor no coração. Um sentimento de “ainda bem que 2020 está acabando” foi tomando conta da gente, acompanhado da esperança da renovação que todo ritual de passagem de ano, carrega.

No entanto, leitos cheios, mortes aumentando, parentes, amigos, conhecidos e familiares sendo contaminados. Fica escancarado (e por isso tão angustiante) a falta de controle que temos sobre a vida e principalmente, a falta de empatia de parte da comunidade.

Nesses 10 meses que completo em casa, saindo pouquíssimas vezes, apenas quando precisei, me deparei com pessoas sem máscara, não respeitando o distanciamento e , nem ao menos, higienizando as mãos. Isso sem falar nas mensagens que recebi diariamente no BH Dicas, de pessoas que estavam sabendo de conhecidos contaminados frequentando bares, restaurantes e supermercados. De quase perder a fé na humanidade.

Ano Novo
Foto da noite do ano novo Virgínia e Hugo

Bom, voltando a 2020 e ao ano difícil, ele foi de muita reflexão pra mim. Passei por todas as fases da quarentena. De make de glitter e lives diárias, a aventura de bolinho de chuva cru, mas… a fase que mais me impactou foi a crise no trabalho. O que eram questionamentos comuns e saudáveis pertinentes sobre o meu propósito e o que tenho feito aqui no BH Dicas, tomaram uma proporção quase paralisante.

A verdade é que, quando a crise se instala, muitas vezes pode ser bom tomar distância para entender a situação. E foi isso que aconteceu por aqui. Procurei entender o que faz sentido pra mim e pela primeira vez em meses, não sinto que estou atrasada.

Se por acaso você está passando por qualquer questão angustiante, procure ajuda. Conversar com quem você confia é ótimo, mas ajuda profissional também faz diferença. Eu faço análise há 27 anos e teria sido muito mais difícil passar por esse 2020 sem esse recurso. Vá. Tenho um bom profissional para te indicar, caso tenha esse desejo, me manda uma mensagem!

Quem faz o ano feliz, é a gente. Que seu 2021 seja realmente diferente.

Um beijo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.