Pra refletir

Chegou a hora dos ipês amarelos em Belo Horizonte

Não que precise, né? Belo Horizonte já é inspiradora por si só, mas é que “O Tempo” de Rubem Alves é de uma delicadeza tão grande, digna de ser compartilhado. Na crônica ele fala das várias formas de se marcar o tempo. Números, matemática, astronomia, ciência, artefatos técnicos.. são os minutos, as horas, os dias.. anos. Esses, são indiferentes sucessões de momentos que nada dizem sobre alegrias e sofrimentos. Ele compara com bolsos vazios, sem o encontro com um sentido!

A vida só pode ser marcada com a vida.

Foto enviada por Analice Silva para o instagram do BH Dicas
Foto enviada por Glicia Fernandes para o instagram do BH Dicas
Foto enviada por Carolina Matos Santos para o instagram do BH Dicas
Foto enviada por Jordania Jordão para o instagram do BH Dicas

Qual a magia que informa os ipês, todos eles, em lugares muito diferentes, que é hora de perder as folhas e florescer? E sem misturar as cores. Primeiro os rosas, depois os amarelos e, finalmente, os brancos.

Na Santa Casa, no bairro castelo, na praça perto da sua casa. Na sua rua… bem provavelmente muito perto de você tem um ipê agora florido e tenho certeza que seu humor vai mudar para a melhor assim que você avista-lo ! Aproveite!

Para ler a crônica completa clique aqui

Um beijo!

bhdicas

Posts Recentes

Feirinha Aproxima no Museu Abílio Barreto

A maior edição da história da feirinha promete ocupar o pátio interno do museu Abílio…

28 de junho de 2022

Orquestra Opus + Arnaldo Antunes no Palácio das Artes

Canções dos Titãs, Tribalistas e da carreira solo de Arnaldo Antunes estão no repertório do…

23 de junho de 2022

Já conheceu a Cidade Junina????

É para matar a saudade de Festa junina! O megaevento tem programação até o final…

22 de junho de 2022

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!