Fim de semana

Festa da Padroeira de Belo Horizonte

A Igreja da Boa Viagem – marco zero da capital mineira – onde se encontravam os tropeiros e viajantes que fizeram do Curral Del Rey um povoado com vocação para a hospitalidade e a conversa boa, mediante a partilha e a mesa farta: Belo Horizonte.

Foi em torno do adro da antiga igrejinha de pau a pique construída por Francisco Homem, no século XVIII – para abrigar a imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, por ele trazida de Portugal – que os tropeiros, migrantes e viajantes se reuniam, escoando o ouro das Minas, tocando gado até o Curral de El Rey, levando e trazendo suprimentos para as fazendas.

De povoado ao arraial que ali se formou, ergueu-se a Capital. Do encontro da fartura e diversidade da cozinha das fazendas – na qual um pouco mais de água no ensopado permitia acolher à mesa mais um inesperado conviva – com o feijão, a farinha, o charque e o torresmo, trazidos secos nos alforjes dos tropeiros, se formou a culinária mineira, já reconhecida por muitos como patrimônio imaterial do estado e do país e que hoje atraí inúmeros turistas à nossa Capital.

Além das homenagens litúrgicas devotadas à padroeira da capital, a festa revive a tradição das quermesses e das feiras gastronômicas de Minas com barraquinhas, música ao vivo, atrações culturais e religiosas.

Veja o que vem aí:

  • Exposição de Carros Antigos;
  • Feira Gastronômica, com aula show e mais uma edição do tradicional Tropeiro da Padroiera;
  • Citytour Retrô, em jardineira dos anos 50 e visitação guiada à parte já restaurada do conjunto arquitetônico da Igreja Boa Viagem;
  • Concerto das Ave Marias, com o Coro Madrigale;
  • Shows em comemoração aos 50 anos do Clube da Esquina, com participação das 3 gerações deste vigoroso movimento da MPB, surgido em Minas Gerais, com as presenças confirmadas de Murilo Antunes, Tadeu Franco, Telo Borges, Ian Guedes e Julia Rajão;
  • Bênção dos Viajantes e de seus veículos (carros, motos, bicicletas etc).
  • XXXIV Caminhada com Maria.
Banner / Divulgação

A culminância das festividades ocorrerá no feriado municipal do dia 15 de agosto, dedicado à Padroeira, com a Procissão Luminosa que sairá da Praça Rio Branco, centro da capital mineira, em direção à Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, onde será celebrada a missa campal presidida pelo arcebispo metropolitano de Belo Horizonte Dom Walmor e assinado o Decreto de mudança da Região Episcopal Piedade para Região Episcopal da Boa Viagem.

A programação detalhada do evento pode ser obtida pelas nas redes sociais da Arquidiocese. O Evento é com o patrocínio da Prefeitura de Belo Horizonte por meio da Belotur. Para saber mais e reservar: 31 3222-2361

Um beijo

bhdicas

Posts Recentes

Ludmila apresenta seu projeto de pagode em BH

Parceria entre NaSala e Box.Bold trazem o show Numanice, de Ludmila para a cidade. A…

11 de agosto de 2022

Samba no Museu Abílio Barreto

Projeto "Domingo no Museu" apresenta, o samba em 360º passeando pelos seus diferentes estilos e…

11 de agosto de 2022

Semana do Pão de Queijo começa hoje!

Tradição, representatividade, gastronomia em evento que reúne sabor e música em Belo Horizonte. Gratuito no…

10 de agosto de 2022

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!